Este é sem dúvida o projeto que me enche o coração ao falar dele. Pois foi e é com muita certeza, o meu ânimo diário e combustível da fórmula de acreditar nos sonhos e vê-los se realizar. Fruto de muita dedicação, de muito aprendizado, muitos caminhos, muita confiança e empenho que trazem qualidade de vida, satisfação pessoal e profissinal e possibilidade de estar em ação com a sociedade. 
 
Iniciado em 2008, quando decidi mudar radicalmente meu curso de vida, e fui em busca de parceiros que acreditavam no ideal da união e a possibilidade do verdadeiro ganho coletivo. Em todos os aspectos. Para todos. Um organismo com vida própria e muitos sonhos em comum. Após inúmeras formações, aprendizados e amizades eternas, tudo foi acontecendo e aqui deixo uma breve história redigida com os textos de Gabriel Wendling, atual identidade de Marcelo Fiedler e hoje posiciono-me como gestor e diretor do núcleo de criação.
 
Só tenho a agradecer por todas as pessoas capazes, confiáveis, amigas, cheias de talento e carinho que apareceram em minha vida, acreditaram no projeto e o tornaram num potencializado de ideais, multinuclear e ramificado onde todos somos Casa Treze e temos autonomia para sermos nós mesmos e fazer aquilo que gostamos. Um coletivo feito de pessoas, sonhos e muito amor!
 
- Castro Pizzano
Introdução | Sementes À Deriva
 
Dizem que todos estão à deriva nesse mundo. Também dizem que casa é onde seu coração está. É nesse clima de perdas e buscas que nos encontramos. Insatisfeitos com trabalhos repetitivos, com exageros bobos da juventude. Nos formamos para ser criativos. Designers, artistas, jornalistas, cinegrafistas... Procuramos viver a vida
intensamente, estudamos para fazer algo útil para o mundo e para ter satisfação nisso. Alguns perdidos pela falta ou excesso de opção, outros desestimulados pela batida rápida e monótona dos escritórios de consumo. Desviamos. Mudamos de percurso. Largamos ofertas não tão generosas assim. Será que alguém mais pensa como eu? Queríamos muito criar. Criar algo útil, belo e que fizesse sentido real. Teasers, flyers de baladas e baladas, deve haver algo menos superficial, algo verdadeiro que promova o bem comum. Inclusão, partilha, mudança. Humanidade. Mais humanidade
e menos automação. Mais responsabilidade social e menos desperdício.
 
Castro, designer e skatista. Fiedler, ilustrador e músico. Vicky, pedagoga e produtora. Hahn, produtor musical e punk.
Sarah, estudante de design e dj. Tchê, documentarista social e fotógrafo. Oliver, jornalista e skatista. Thiago, jornalista e videomaker. Gabriel, ecodesigner e pesquisador. Costela, animação e artista visual. Lucía, planner vinda da Espanha com sua pluralidade. Washington, tatuador cheio de novas idéias e ultraconectado. Pedro, motion graphic, designer e grande amigo. Matheus, editor, produtor multifuncional e sempre muito disposto. Moreira e Calliandra, um casal de programadores atentos e ultraprofissionais. Todos insatisfeitos com a visão sistematica da sociedade e em busca de qualidade de vida
pessoal e profissional com trabalho direcionado a sociedade. Nos encontramos em Curitiba, pela internet e pela rua. Por acaso. E com muita alegria. Uma certeza agora é que existem outros como nós, sedentos por trocar.
 
- Gabriel Wendling
Filosofia | A Tangerina
 
Fruta originária da cultura oriental, a tangerina tem sua filosofia centrada na saúde, na vida e na união. Símbolo de boa sorte e mudanças positivas, representa o Sol e o princípio Yang, gerador das forças da natureza. Por crescer em abundância foi trazida aos trópicos do ocidente, adaptando-se muito bem e ganhando diversos nomes. Hoje está presente em muitos locais do mundo levando sua mensagem positiva. Como alimento, é essencial para o sistema imunológico, estimula a criatividade e aumenta a eficiência física. Na medicina oriental, sua casca seca serve para estimular a energia vital, presente em todos os seres vivos. Suas folhas são calmantes. Portanto, tudo é aproveitado, assim como na economia criativa. Seus gomos são núcleos, que se complementam e se desenvolvem juntos, em harmonia e constância, para assim semear novos frutos. Possui um universo interno, irrigado por inúmeras ligações que representam a sinergia de um bom trabalho realizado pela união de todas as partes, simbolizando nossa gestão colaborativa. Compartilhando uma tangerina, vivemos um momento agradável, criativo e saboroso que é propício a boas ideias. A tangerina é uma metáfora para a história da Casa Treze.
 
- Gabriel Wendling
Uma Curta Biografia | A Casca
 
A casa nasceu do questionamento. Da inquietude com o formato de trabalho criativo no Brasil, mas talvez ainda mais importante, da vontade de mudar nossa realidade, nosso entorno. Seria possível fazer do trabalho uma ferramenta de sobrevivência e de transformação social? Existe uma força motriz no interior de todos nós. Ela nos aproxima, nos fortalece, faz enxergar mais longe. Cedida pelos familiares que acreditaram na ideia, a casa de onde são planejadas as ações é um abrigo, um ponto de encontro. Ela é a casca da tangerina, unindo pessoas que tem um sonho em comum. Ao largar trajetos tradicionais de mercado, deixando os escritórios de rotatividade alta que promovem o consumo desenfreado, os integrantes do coletivo apostaram nesse caminho alternativo. Muitas vezes tendo que virar noites, trabalhar nos finais de semana e aventurarse em adversidades naturais ou mesmo ter que lidar com poucos recursos, o que se vê são desafios e conquistas a todo instante. É o fluxo de vida que nos move para frente, a felicidade de trabalhar com algo que tem um sentido maior.
 
- Gabriel Wendling
Os Gomos
 
Constantemente se adaptando, o estúdio coletivo de arte e design Casa Treze já passou por várias fases de teste e mudanças de pessoal até chegar no modelo atual. Horizontal e com abrangência maior de serviços, hoje já selecionamos clientes na área cultural e podemos dedicar parte do nosso tempo para projetos do terceiro setor. Cada componente do grupo participa de um núcleo criativo independente, como são os gomos da tangerina. Fotografia, radio e produção sonora, audiovisual, design gráfico e web, animação e ecodesign são ferramentas utilizadas para gerar projetos de cunho comercial ou social. Tudo é feito em sintonia, primando a boa convivência e apoio mútuo.
 
- Gabriel Wendling
Ações Sociais | A Colheita
 
Mas o que já foi concretizado até então? Consideramos que os projetos que trouxeram maiores resulta dos foram aqueles que promoveram a união entre a iniciativa privada, organizações e a comunidade local. Isso acarretou em um impacto social positivo, pois além das próprias pessoas movimentarem soluções junto à casa, o auxílio e crença dessas instituições nas ideias possibilitou transformações mais eficientes do que conseguiríamos apenas com nossa equipe. É o caso do De Volta Ao Skate no Portão Cultural MuMA, uma exposição colaborativa celebrando o Go Skate Day, um movimento de cultura de rua que luta por melhores condições de locomoção ecológica na cidade e conta com cem mil envolvidos
só em Curitiba; do Salvador A Terra Onde Tudo Começou é um projeto fotográfico que aborda os temas do racismo, da homofobia e da desigualdade social; também do concurso cultural Custom Kombi, que se prestou à preparação dos veículos do Instituto Ambiente em Movimento, para levar oficinas de engenharia ambiental e ecodesign para comunidades carentes.
 
- Gabriel Wendling
Planos Para o Futuro | Plantio
 
Acreditamos que essas ações irão tomar uma escala maior, permitindo nossa dedicação para projetos sociais além de comerciais. A ideia é que os clientes tenham suas demandas comerciais atendidas, como sempre foi feito na publicidade e design. Porém, os produtos e serviços que eles recebem estarão cada vez mais permeados pelo DNA profícuo da metodologia colaborativa, gerando conteúdo a partir da troca com comunidades e valorizando a cultura local. As empresas são convidadas então a se comportar como uma espécie de patrocinador do desenvolvimento sustentável, com engajamento e responsabilidade social. Já a aproximação de entidades e centros culturais é feita com a partipação do grupo em editais e parcerias. Assim são formalizadas a criação de oficinas, capacitação de agentes semeadores e intercâmbios entre coletivos. Além do debate sobre um novo mercado criativo, a experimentação dessas formas traz inovação e chances para artistas e designers que se encontram com os mesmos anseios, os impulsionando em parceria.
 
Oportunidade em Promover o Coletivo | Adubo
 
O projeto coletivo Casa Treze Studio é para nós uma grande oportunidade de aprendizado e crescimento.
Esperamos por um futuro melhor. Mas vivemos o agora com emoção e foco no que deve ser feito, no que é justo e verdadeiro. Agradecemos por ler esse texto e pela abertura de comunicação. Isso torna comum a vontade de participar ativamente do mundo. São pontes entre esforços locais mostrando o melhor do que é ser humano, isto é, compartilhar e fortalecer quem está em situação menos privilegiada. Deixamos um abraço da nossa equipe e um convite caloroso para prestar uma visita à nossa casa. Vamos trabalhar e nos divertir juntos?
 
- Gabriel Wendling